Nova entrada
Nova entrada

press to zoom
Restauração Fachada
Restauração Fachada

press to zoom
Restauração Chaminé
Restauração Chaminé

press to zoom
Nova entrada
Nova entrada

press to zoom
1/10

Restauração Antiga Fábrica Japy

2019 - 2020

A Fábrica Japy teve seu conjunto remanescente e chaminé reconhecidas e incluídas no Inventário dos Bens Culturais de Jundiaí, salvo por ações de preservação e termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre Ministério Público, Prefeitura Municipal de Jundiaí e empresários proprietários para realizar a restauração técnica para uso e fruição pública. Procedimentos técnico-científicos no levantamento e projeto foram adotados, destacado o acesso universal com uma grande rampa e uma nova entrada.

O projeto sendo realizado com as interações entre agentes da cultura técnicos e população está em curso. O êxito desse procedimento pode ser avaliado através das obras, que adiantadas, já oferecem a renovação de área urbana abandonada com fábrica restaurada para novo uso e fruição da sociedade.

Foi destacado o acesso universal com uma grande rampa e um novo e atraente acesso, mais próximo da estação ferroviária de Jundiaí e do terminal de ônibus Vila Arens. Para evocar as tecelãs e a memória da grande indústria, uma empena foi projetada em ângulo que proporciona um convite para entrar. A forma de pássaro alçando voo foi construída, replicando o desenho modular das empenas da fábrica. Nela as histórias das mulheres tecelãs e as da economia da tecelagem e do edifício serão expostas. Uma escultura, representando os fios das tecelagens, sustenta a nova laje de cobertura da entrada.

As áreas de banheiros, administração e copa organizam o espaço, que gera uma nova fruição do visitante quando entra no edifício, além de propiciar todas as definições de uso dos lugares.

 A superfície aberta de 86 m x 5m (430) m² agora, tem uma nova fachada posterior com aberturas em ritmo e formas livres para que a projeção do sol sobre o espaço interior proporcione uma nova experiência para quem estiver ali.